Terça-feira, 27 de Março de 2012

O muro

Poesia por terminar
Foi assim o meu poema
Um querer desabafar
E não saber qual seria o tema.

 

Estava triste nesse dia
E nada fazia-me rir
Perdi toda a energia
Só apetecia-me fugir.

 

Correr lá pra fora
Sentir em meu rosto o ar puro
Saltar dali ir embora
E deitar abaixo esse muro.

 

O muro de minha frieza
E de todo o desamor
Nele só existe tristeza
E causa-me imensa dor.

 

Ontem bem que tentei...
Fazer um poema e, não consegui
As palavras não encontrei
Nem sentimentos senti.

 

Hoje sinto-me mais calma
Tenho de parar... reflectir
Preciso limpar minha alma
E viver a vida num sorrir.

 

Agora tenho de derrubar
Esse muro que faz-me sofrer
Amar a vida e saber amar
E sentir de novo alegria de viver.

Autor: Florinda Carreiro
27 de Março de 2012 – 22:07 Horas

sinto-me: Mais ou menos
música: Adele - Someone like you
publicado por vida_da_inda às 22:24
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

.Junho 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
12


27
28

29
30


.posts recentes

. Pessoal apago ou não o bl...

. Morreu o ator Eli Wallach

. Oração a São João

. Ficha clínica de Michael ...

. Feliz aniversário! Sobrin...

. Rummy

. Bom dia! "A vida é um mil...

. Mas hoje parece...

. Deveras excitante

. Não vejo uma luz no fundo...

.arquivos

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

.tags

. todas as tags

.links